banner 3.jpeg

Fim de semana teve 300 denúncias de aglomeração em Feira

20/05/2020

Algumas dezenas de estabelecimentos insistem em descumprir o decreto municipal que estabelece normas de funcionamento, em razão da pandemia do novo coronavírus (Covid-19) em Feira de Santana. Somente no último final de semana, cerca de 300 denúncias foram registradas pela Central 156 e pelo aplicativo Fala Feira 156.

 

O trabalho de fiscalização vem sendo realizado pela Guarda Municipal, em uma força-tarefa que envolve também outras secretarias.

 

O secretário de Prevenção à Violência, Moacir de Lima, é o coordenador da força-tarefa, e afirma que diversas denúncias estão sendo feitas pela população. 

 

Ele destaca que há um grande número de reclamações referente a lojas de conveniências, nos postos de combustíveis. Estes estabelecimentos estão recebendo pessoas, que consomem bebidas alcoólicas e geram aglomerações. No final de semana, duas lojas tiveram suas atividades encerradas e o estabelecimento interditado.

 

“Vamos intensificar ainda mais esse trabalho, principalmente agora que um novo decreto estabelece um novo fechamento do comércio, ficando abertos apenas os serviços essenciais. Nossos maiores problemas são os bairros, e como o prefeito Colbert Martins mesmo já falou, atuaremos com mais intensidade”, afirma o secretário.

 

A Central de Videomonitoramento da Secretaria de Prevenção à Violência vem sendo um dos braços na força-tarefa, segundo o secretário Moaci de Lima. 

 

“Quando pedimos foco em algum local, a central faz esse trabalho e passa para a gente. Eles verificam toda a cidade. Final de semana eles focam nos bairros com mais problemas”, explica o secretário.

 

O coordenador da Central de Controle de Videomonitoramento, Geovanny da Silva, explica que o monitoramento das agências bancárias é o alvo no Centro da cidade. “Estamos monitorando nas proximidades dos bancos, devido ao grande fluxo de pessoas em razão dos auxílios do governo federal. As aglomerações identificadas, são de imediato comunicadas à Guarda Municipal”.

 

 A central de videomonitoramento ajuda a identificar as infrações

 

Compartilhar
Tuitar
Please reload

NOTÍCIAS RECENTES
Please reload

Sala de Notícia - Todos os Direitos Reservados