BANNER-728x90px-MAIS-SAUDE-BAHIA-0320-20

Prefeitura vacina contra a gripe obedecendo a ordem alfabética

23/03/2020

 

 


Os idosos (acima de 60 anos) que vão se vacinar contra a gripe devem comparecer nas unidades de saúde em Feira de Santana obedecendo a um calendário por ordem alfabética. 


“Os idosos que não conseguirem cumprir essa organização não serão impedidos ao chegar na unidade, mas pedimos que colaborem para facilitar o fluxo”, explica a coordenadora do Setor de Imunização, Simone Neves.


Confira o cronograma:

 

Segunda-feira, 23/03: idosos cujo nome comecem com a inicial A, B, C , D e E.

Terça-feira, 24/03: idosos cujo nome comece com a inicial F, G, H, I e J.

Quarta-feira, 25/03: idosos cujo nome comece com a inicial K, L, M, N e O.

Quinta-feira, 26/03: idosos cujo nome comece com a inicial P, Q, R, S e T.

Sexta-feira, 27/03: idosos cujo nome comece com a inicial U, V, W, X, Y e Z.


A vacinação começou nesta segunda-feira (23) e vai até maio. A meta é imunizar pelo menos 90% de cada um dos grupos prioritários.


A primeira fase da campanha tem como público alvo idosos e trabalhadores da saúde, e vai até 15/04. 


Caso ocorram aglomerações, os profissionais irão orientar para que a fila seja organizada com um metro de distância e realizar ações educativas de prevenção ao novo coronavírus (Covid-19). 


Os trabalhadores da saúde de empresas privadas irão receber a vacina nos estabelecimentos de trabalho para serem administrados pela própria equipe, evitando assim se dirigir à unidade.


Idosos acamados ou com dificuldade de locomoção devem registrar a demanda na unidade de saúde para serem vacinados em casa.


Na segunda etapa da campanha, que começa dia 16 de abril e vai até 8 de maio, professores de escolas públicas e privadas, profissionais das forças de segurança e salvamento podem ser vacinados.


A última etapa da campanha, entre os dias 09 a 22 de maio, abrange crianças de seis meses a menores de seis anos (5 anos, 11 meses e 29 dias), pessoas de 55 a 59 anos de idade, pessoas portadoras de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais, gestantes, mulheres em período pós parto, povos indígenas, adolescentes e jovens de 12 a 21 anos de idade sob medidas socioeducativas, presos e funcionários do sistema prisional.

Compartilhar
Tuitar
Please reload

NOTÍCIAS RECENTES
Please reload

Sala de Notícia - Todos os Direitos Reservados