Segredos do Planalto: bastidores fictícios da família presidencial

18/10/2019

 

Um presidente eleito após fazer uso intenso de notícias falsas na campanha, o fundamentalismo religioso dando as cartas no governo, a perseguição a homossexuais tratada como virtude e prioridade. Parece um retrato dos dias atuais mas é ficção, de autoria do jornalista Glauco Wanderley, que lançou na livraria virtual da Amazon o livro Segredos do Planalto.

 

A obra tem como personagens centrais os membros da família Bonamigo: Jairo, presidente em busca da reeleição e sua filha Valéria. Ela é responsável pela comunicação do pai. Focando em mídia digital conseguiu elegê-lo, contra todas as previsões, usando e abusando de fake news.

 

Valéria porém, guarda um segredo que pode arruinar a credibilidade de Jairo e botar tudo a perder. Um segredo que precisa esconder sobretudo do adversário com quem convive de perto, o candidato a vice-presidente, João Félix.

 

Deputado pelo Rio Grande do Sul e líder religioso, ele também se apresenta como Apóstolo João e afirma ser ex-gay. É o ambicioso fundador da igreja pentecostal Deus é Mais. Como homem forte no primeiro mandato, ele quer consolidar a influência sobre Jairo, enfrentando a resistência de Valéria.

 

Glauco informa no prefácio que a eleição de 2018 que levou Jair Bolsonaro ao poder é uma fonte de inspiração do livro, mas ressalva que a política é o pano de fundo. “A história é sobre as pessoas, suas motivações, ações e as consequências que geram, sobretudo para elas mesmas”, sinaliza.

 

Questões relacionadas à produção de notícias também são tratadas no livro. “Há anos o jornalismo vem sendo atacado por militantes partidários e políticos profissionais. O ataque começou quando a esquerda estava no poder e agravou-se com a ascensão da direita. A estratégia de minar a confiança no jornalismo profissional foi um marco da última eleição presidencial e também consta das táticas eleitorais empregadas na história ficcional que contei”, diz o autor.

 

Segredos do Planalto está disponível inicialmente apenas em formato digital mas o jornalista e escritor promete uma edição impressa em papel. “Há muitos leitores, inclusive jovens, que não gostam de ler na tela”, reconhece.

 

A Amazon permite a aquisição em aplicativos Kindle para celular ou no aparelho de mesmo nome, mais parecido com um livro comum. Neste link pode-se obter uma amostra para avaliação, antes da decisão de compra.

 

Compartilhar
Tuitar
Please reload

NOTÍCIAS RECENTES
Please reload

Sala de Notícia - Todos os Direitos Reservados