Vitória toma 3 e não faz nenhum fora de casa. Classificação fica difícil para semifinal do Nordestão

17/05/2018

Era time misto. Ainda, assim, não dá para aliviar. Nesta quarta-feira (16), o Vitória envergonhou sua torcida e perdeu para o Sampaio Corrêa, por 3x0, no jogo de ida das quartas de final da Copa do Nordeste, em São Luís. A partida de volta será na próxima quinta-feira (24), às 19h, no Barradão. Para avançar, o Leão precisa vencer por quatro gols de diferença. Se devolver os 3x0, a decisão vai para os pênaltis. E como o gol fora de casa é critério de desempate, o Sampaio se classifica à semifinal se perder por 4x1, por exemplo.

 

 

Jogadores do Sampaio saem pro jogo enquanto Baumjohann fica no chão (Paulo Soares/O Estado)

 

 

O primeiro tempo foi uma ducha de água fria daquelas para o Vitória. O Leão ofereceu perigo em uma única oportunidade da primeira etapa, aos 17 minutos, quando Ramon bateu na bola após levantamento de falta e deu um chute torto, que Maracás espantou.

Espanto, aliás, foi o que sentiu o torcedor do Vitória, que viu uma falha coletiva, seguida de frango de Caíque, se transformar no primeiro gol do Sampaio no estádio Castelão.

A jogada aconteceu aos 32 minutos. O atacante Bruninho aproveitou lançamento de João Paulo e partiu em direção ao gol. O goleiro Caíque saiu para defender, levantou a perna, se atrapalhou todo e deixou a bola escapar. Bruninho, com o gol vazio, concluiu: 1x0.

Antes do intervalo, Caíque ainda fez uma boa defesa ao se esticar todo e evitar que o chute de Fernando Sobral virasse outro gol.

Na volta para o segundo tempo, o Vitória arriscou. Logo aos seis minutos, Nickson mandou um chute que desviou e carimbou a trave, mas não demorou para aquela média de dois gols sofridos por jogo, que tem perseguido o Vitória, aparecer.

No minuto seguinte, um ex-jogador de Bahia e Vitória fez a "lei do ex" valer. Fredson ajeitou de cabeça e mandou no meio da área. Caíque tentou catar e falhou mais uma vez. Maracás foi mais rápido e fez 2x0. Que noite do goleirão rubro-negro.

O Sampaio Corrêa ainda fez mais um, aos 30. Wellington Rato cobrou escanteio pela esquerda, Alyson se antecipou à marcação e, meio sem jeito, mandou um chute de primeira. O jogador do time maranhense foi comemorar junto com a torcida, tomou o segundo cartão amarelo e acabou expulso. Mesmo assim, o Leão não conseguiu diminuir o placar.

Sem poder ofensivo, o Vitória volta para Salvador com uma grande responsabilidade para o jogo de volta. Antes disso, o Leão enfrentará o Ceará, no Barradão, domingo (20), às 11h, pelo Campeonato Brasileiro.

Compartilhar
Tuitar
Please reload

NOTÍCIAS RECENTES
Please reload

Sala de Notícia - Todos os Direitos Reservados