Onde está a honestidade? José Carneiro afirma que governos do PT faliram a Ebal

13/02/2018

Os "fatos alternativos", releitura da realidade nos moldes do presidente norte-americano Donald Trump, estão em pleno vigor também na Câmara de Feira de Santana a julgar pelo pronunciamento do presidente José Carneiro (PSDB), que acusou os atuais governantes do estado de terem "quebrado" a Ebal, que tem leilão marcado para o próximo dia 26.


É público e notório e certamente José Carneiro não ignora, que a Ebal chegou quebrada ao final do governo Paulo Souto, o último carlista. A tal ponto que a situação falimentar da empresa e os maus negócios e desvios que levaram a este estado de coisas, geraram a instalação de uma CPI na Assembleia Legislativa.


Os governos petistas demoraram até demais para se desfazer desta anomalia (a bem da verdade houve tentativa anterior no governo Rui Costa de privatizar, mas foi barrada).


Não se tem notícia em estado algum, da existência de uma rede de supermercados estatal. Até para o estatizante PT, é demais. Para um membro do privatizante PSDB como o presidente da Câmara, deveria ser absurdo também. Mas o importante para ele, ao que parece, é criticar o adversário a qualquer custo.

 

Zé Carneiro levou o discurso escrito, portanto, teve tempo de refletir, mas preferiu inventar

 

Compartilhar
Tuitar
Please reload

NOTÍCIAS RECENTES
Please reload

Sala de Notícia - Todos os Direitos Reservados