Maternidade do Hospital Estadual da Criança é inaugurada em Feira de Santana

19/12/2017

 

A Ala de Maternidade do Hospital Estadual da Criança (HEC), em Feira de Santana, foi inaugurada na manhã desta terça-feira, 19, pelo governador Rui Costa. Os novos leitos representam um aumento de 67,5% na capacidade do HEC, que passa a contar com 258 leitos, no total, e tem previsão mínima de efetuar 275 partos de alto risco por mês e 115 cirurgias obstétricas.

 

Na unidade, apenas em equipamentos, foram aplicados quase R$ 4 milhões; as obras foram feitas com recursos da ordem de R$ 3,5 milhões e garantiram a implantação de mais de cem novos leitos, sendo 30 de Unidades de Terapia Intensiva (UTI) e 28 de Cuidados Intermediários (UCI). A nova unidade, capaz de realizar partos de alto risco, conta, ainda, com salas de cirurgia obstétrica e está instalada em uma área de mais de 4,5 mil metros quadrados. A maternidade vai exigir recursos mensais de manutenção de R$ 2,5 milhões.

 

"Buscamos uma solução para os problemas relacionados a partos no município, por conta da falta de leitos. Hoje, com a ampliação, temos uma unidade com altíssimo padrão, dotada com a última geração de equipamentos. A maternidade sai do Clériston Andrade e vem para o HEC. Não tenho dúvidas que muitas vidas, tanto das mães quanto dos bebês, serão salvas", destaca Rui Costa.

 

Com a implantação da unidade materno-infantil, o Hospital Estadual da Criança ganhou mais de 500 novos colaboradores. "É uma satisfação trabalhar em um local que possui todos os equipamentos necessários e uma equipe qualificada para atender com segurança mãe e recém-nascido", declara Fernanda Moura, coordenadora da Emergência Obstétrica e UTI Obstétrica.

 

Saúde como prioridade

 

A reforma do HEC para implantação da maternidade se soma aos esforços do Governo do Estado de melhorar, regionalizar e descentralizar a saúde na Bahia. Nos últimos meses, uma série de unidades, inclusive de alta complexidade, foram inauguradas em diversas regiões do interior, a exemplo das policlínicas dos Consórcios Públicos de Saúde instaladas no Extremo Sul, Centro Norte e Alto Sertão e dos hospitais regionais da Chapada e Costa do Cacau, instalados, respectivamente, em Seabra e Ilhéus.

 

Fonte: A 

Compartilhar
Tuitar
Please reload

NOTÍCIAS RECENTES
Please reload

Sala de Notícia - Todos os Direitos Reservados