banner 3.jpeg

Universidade para Todos terá 60% dos recursos ampliados na Bahia

03/12/2017

A Secretaria da Educação do Estado vai ampliar em 60% os recursos destinados ao Programa Universidade Para Todos (UPT), passando de R$ 10 milhões para cerca de R$ 16 milhões, em 2018, por meio do Fundo de Combate à Pobreza. O anúncio foi realizado nesta sexta-feira (1º), pelo subsecretário da Educação, Nildon Pitombo, durante o seminário 'Universidade Para Todos (UPT) 2017 - Efetivação da igualdade de oportunidades', promovido pela Universidade do Estado da Bahia (Uneb), em Salvador. O UPT é um programa do Governo do Estado que prepara jovens e adultos egressos e cursistas do 3º ano da rede pública de ensino para o ingresso no Ensino Superior, por meio de curso gratuito com formato de pré-vestibular.

 

“Esse aumento de recursos significa dizer que haverá maior possibilidade de diálogo com novas instituições de Ensino Superior, para que tenhamos mais parceiros e, consequentemente, mais condições de atender e ampliar a perspectiva de que as pessoas que concluíram ou estão concluindo o Ensino Médio possam se imaginar entrando na universidade. A lista de interessados é grande”, destacou o subsecretário, ressaltando o papel das instituições ligadas ao programa. “É preciso agradecer às nossas universidades estaduais pela parceira, pelo esforço, pelo compromisso e pela determinação de fazer cumprir um amplo programa de inclusão e acesso à Educação Superior”.

 

O pró-reitor da Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs), Márcio Campos, comentou sobre a importância da realização do encontro. “Hoje, graças a estratégias do programa e outras ações de políticas afirmativas os nossos estudantes da rede pública estão alcançando a universidade pública. E é isto que a gente quer: a democratização do Ensino Superior para que eles possam ascender socialmente”.

Compartilhar
Tuitar
Please reload

NOTÍCIAS RECENTES
Please reload

Sala de Notícia - Todos os Direitos Reservados