Buscar

Leitor rebate Associação Comercial, contrária ao fechamento do comércio

LEIA TAMBÉM:


Marcelo Alexandrino justifica porque considera lockdown ineficaz


Empresários querem abrir o comércio para combater o coronavírus



As conclusões do senhor Marcelo Alexandrino, presidente da Associação Comercial, que critica o fechamento do comércio, se baseiam em conclusões totalmente erradas sobre o modo como o vírus se espalha.


O fato de as pessoas morarem em casas pequenas e ficarem dentro de casa, 3, 4, 5, sejam lá quantas forem, não amplia a contaminação na comunidade. Justamente porque estão em isolamento. O que amplia a contaminação é a circulação.


Para trabalhar estas pessoas se deslocam, até quatro vezes ao dia em ônibus superlotados (imagens do Blog do Igor).


No trabalho, se receberem máscaras e tiverem álcool em gel, ainda podem transmitir ou receber o vírus nos contatos de vendas, recebimento de dinheiro, de mercadorias.


Toda esta movimentação (nos ônibus e no trabalho) é que possibilita levar e trazer o vírus, de casa para a rua e da rua para a casa.


É a movimentação, a circulação de pessoas, que provoca o espalhamento do vírus. Não o fato de serem pobres e morarem em casas pequenas e apertadas.


Igualmente errada é a ideia de que não indo ao trabalho irão se aglomerar nos bares de seus bairros periféricos.


O que pode ocorrer é o contrário: não sendo obrigadas a trabalhar, tendo este direito à segurança reconhecido neste momento de crise, podem ter a consciência de permanecer em casa como recomendado. O que não se espera é que fiquem no fim de semana, depois de serem obrigados durante os dias úteis a se amontoar em seus locais de trabalho e no transporte coletivo.


Por fim, a fala do senhor Marcelo Alexandrino manifesta mais uma discriminação contra os pobres. Como não têm casas grandes e confortáveis que lhes permitam fazer a quarentena como deve ser, que sejam obrigados a manter a rotina de trabalho mal remunerado (é justamente o baixo salário que os impede de ter casas grandes e confortáveis). Que trabalhem, independente do risco que isso representa para si e para os outros!


Ney Rios - aposentado

0 comentário
BNR-728X90px-OBRAS-DE-INFRAESTRUTURA-EMB

Sala de Notícia - Todos os Direitos Reservados