Buscar

Governo municipal desconfia de prestação de contas no Hospital de Campanha

O governo municipal de Feira de Santana está solicitando da empresa que administra o Hospital de Campanha explicações acerca de inconsistências em notas fiscais apresentadas na prestação de contas.


A unidade é gerida pela empresa privada S3 Saúde, escolhida mediante licitação.


"Nossa contabilidade percebeu inconsistências em algumas notas e o pedido de explicação não se trata de nenhum prejulgamento, mas tão somente um procedimento normal para zelar pela transparência”, salienta o prefeito Colbert Martins.


LAVANDERIA


Segundo o Blog do Velame, um dos questionamentos é uma nota de lavanderia no valor de R$ 57 mil, nos primeiros 20 dias de junho de 2020. O hospital só começou a funcionar no dia 4 e tinha apenas oito leitos inicialmente. A empresa que consta na nota como prestadora do serviço é localizada em Aracaju, capital de Sergipe e divulgou uma nota negando que haja qualquer irregularidade.




0 comentário
BNR-728X90px-OBRAS-DE-INFRAESTRUTURA-EMB