Buscar

Deputados lançam a Bancada do Mar, para proteger parte brasileira do Atlântico

Após vazamento de óleo nas praias brasileiras e o fim da CPI sem um resultado prático, o Congresso Nacional vai ganhar uma Frente Parlamentar Mista em Defesa do Litoral Brasileiro, a Bancada do Mar. O lançamento da Frente será feito nesta quarta-feira (9), às 14h, em transmissão virtual nas redes sociais do deputado federal Joseildo Ramos (PT-BA) e da deputada Marília Arraes (PT-PE) e contará também com a participação de representações da sociedade civil, pesquisadores e entidades do setor.


O senador Jaques Wagner (PT-BA), presidente da Comissão de Meio Ambiente do Senado, também é signatário da Frente.


O objetivo da "Bancada do Mar", que será pluripartidária, é levantar o debate sobre a chamada "Amazônia Azul", seus potenciais e suas necessidades de preservação.



No final de 2017, a Organização das Nações Unidas (ONU) declarou que de 2021 a 2030 seria realizada a Década da Ciência Oceânica para o Desenvolvimento Sustentável – mais conhecida como Década do Oceano.


"A Frente chega em um momento importantíssimo. Queremos ouvir a sociedade e fazer desse espaço uma ferramenta para que o Congresso Brasileiro não fique de costas para a riqueza que é nossa costa. A Bancada do Mar vai contribuir para que políticas públicas sejam efetivadas", destaca Joseildo.


De acordo com o IBGE, o Brasil tem 26,6% da população vivendo em municípios da zona costeira, o equivalente a 50 milhões de habitantes. Parte dessa população está ocupada em atividades, direta ou indiretamente ligadas ao turismo, produção de petróleo e gás natural, pesca e serviços que atendem à dinâmica econômica gerada por esses municípios e outros ao seu redor.


A costa brasileira tem grande importância para o comércio marítimo mundial e é impactada com a exploração do mar, os conflitos da pesca industrial e as mudanças climáticas.


0 comentário