Buscar

Com mais dois secretários contaminados, Colbert evita inauguração do Clériston

O prefeito de Feira de Santana não compareceu à entrega do hospital Clériston Andrade, que ocorreu em aglomeração promovida pelo governo do estado nesta quarta-feira (15).


O motivo alegado foi o receio de ter se contaminado (e em caso positivo tornar-se um agente transmissor da covid-19).


Colbert fará novo exame depois que mais secretários municipais com quem tem contato frequente tiveram a doença. A de Saúde, Denise Mascarenhas e o de Desenvolvimento Econômico, Antônio Carlos Borges Júnior.

Os leitos de UTI para coronavírus são 40 na nova unidade


Sala de Notícia - Todos os Direitos Reservados