Buscar

22.451 casos de coronavírus, com 762 mortes na Bahia


A Bahia registra 22.451 casos confirmados de coronavírus (Covid-19), o que representa 17,44% do total de notificações no estado. Os 26 óbitos contabilizados no boletim epidemiológico desta quarta-feira (03) referem-se a um período de 26 dias, conforme observado nos perfis detalhados. Ou seja, não ocorreram em 24 horas. Estas notificações tardias estão sendo apuradas pela Auditoria do Sistema Único de Saúde (SUS) e pela Corregedoria.

Considerando o número de 22.451 casos confirmados, 7.823 recuperados e 762 óbitos, 13.866 pessoas permanecem monitoradas pela vigilância epidemiológica e com sintomas da Covid-19, o que são chamados de casos ativos. Na Bahia, 3.240 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19.

Os casos confirmados ocorreram em 315 municípios do estado, com maior proporção em Salvador (60,68%). Os municípios com os maiores coeficientes de incidência por 1.000.000 habitantes Uruçuca (5.848,24), Ipiaú (5.036,64), Itabuna (4.718,07), Salvador (4.622,70) e Itajuípe (4.245,77).

O boletim epidemiológico registra 42.429 casos descartados e 128.721 notificações em toda a Bahia. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde da Bahia (Cievs-BA), em conjunto com os Cievs municipais e as bases de dados do Ministério da Saúde até as 17 horas desta quarta-feira (3).

Taxa de ocupação

Na Bahia, dos 1.853 leitos disponíveis do Sistema Único de Saúde (SUS) exclusivos para coronavírus, 1.031 possuem pacientes internados, o que representa uma taxa de ocupação de 56%. No que se refere aos leitos de UTI adulto e pediátrico, dos 791 leitos exclusivos para o coronavírus, 544 possuem pacientes internados, compreendendo uma taxa de ocupação de 69%. Cabe ressaltar que o número de leitos é flutuante, representando o quantitativo exato de vagas disponíveis no dia. Intercorrências com equipamentos, rede de gases ou equipes incompletas, por exemplo, inviabilizam a disponibilidade do leito. Ressalte-se que novos leitos são abertos progressivamente mediante o aumento da demanda.

Exames

O Laboratório Central de Saúde Pública da Bahia (Lacen-BA) realizou 59.389 exames do tipo RT-PCR, que é o padrão ouro para identificar o genoma viral do coronavírus, no período de 1° de março a 3 de junho de 2020. Estão em análise 1.790 exames.

Óbitos

A Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab) contabiliza 762 mortes pelo novo coronavírus.

737º óbito – homem, 69 anos, residente em Ibirapuã, sem comorbidades, sem data de internação, veio a óbito dia 02/06, em unidade da rede pública, em Teixeira de Freitas;

738º – homem, 80 anos, residente em Salvador, portador de hipertensão arterial, doença cardiovascular, doenças endócrinas e nutricionais, foi internado dia 15/05 e veio a óbito dia 02/06, em unidade filantrópica;

739º – mulher, 85 anos, residente em Lauro de Freitas, portadora de diabetes e doença hepática, foi internada no 15/05 e veio a óbito dia 28/05, em unidade da rede pública, em Lauro de Freitas;

740º óbito – homem, 47 anos, residente em Salvador, portador de doença cardiovascular, foi internado dia 27/05 e veio a óbito dia 02/06, em unidade da rede privada, em Salvador;

741º óbito – homem, 53 anos, residente em Salvador, portador de hipertensão arterial e diabetes, foi internado dia 22/05 e veio a óbito na mesma data 22/05, em unidade da rede pública, em Salvador;

742º óbito – mulher, 74 anos, residente em Salvador, portadora da diabetes e hipertensão arterial, foi internada dia 12/05 e veio a óbito dia 30/05, em unidade filantrópica, em Salvador;

743º óbito – mulher, 82 anos, residente em Salvador, portadora da diabetes, hipertensão arterial e doença cardiovascular, foi internada dia 26/05 e veio a óbito dia 26/05, em unidade da rede privada, em Salvador;

744º óbito – mulher, 56 anos, residente em Conde, portadora de neoplasias, data de internação não informada e veio a óbito dia 30/05, em deslocamento.

745º – homem, 85 anos, residente em Salvador, portador de hipertensão, diabetes, doença cardiovascular e demências, incluindo Alzheimer, foi internado dia 16/05 e veio a óbito dia 28/05, em unidade da rede privada, em Salvador;

746º óbito – homem, 64 anos, residente em Salvador, portador de hipertensão arterial, diabetes e doença cardiovascular, foi internado dia 18/05 e veio a óbito dia 01/06, em unidade da rede privada, em Salvador;

747º óbito – homem, 48 anos, residente em Salvador, portador de diabetes, foi internado dia 11/05 e veio a óbito 29/05, em unidade da rede pública, em Salvador;

748º óbito – homem, 64 anos, residente em Jequié, portador de hipertensão arterial e diabetes, data de internação não informada, veio a óbito dia 29/05, em unidade da rede pública, em Jequié;

749º óbito – homem, 58 anos, residente em Salvador, sem comorbidades, foi internado dia 18/05 e veio a óbito dia 01/06, em unidade filantrópica;

750º óbito – homem, 56 anos, residente em Mucuri, portador de hipertensão arterial, doença cardiovascular e obesidade, foi internado dia 24/05 e veio a óbito dia 01/06, durante deslocamento para unidade hospitalar, no município de Mucuri;

751º – mulher, 69 anos, residente em Salvador, portadora de hipertensão arterial e doença cardiovascular, data de internação não informada, foi a óbito dia 02/06, em unidade da rede privada, em Salvador;

752º óbito – homem, 59 anos, residente em Salvador, portador de diabetes, hipertensão arterial, doença cardiovascular e doença renal crônica, foi internado em 06/12/2019 e veio a óbito dia 30/05, em unidade da rede pública, em Salvador;

753º óbito – homem, 59 anos, residente em Salvador, portador de hipertensão arterial e diabetes, foi internado dia 25/04 e veio a óbito dia 29/05, em unidade da rede privada, em Salvador;

754º óbito – homem, 74 anos, residente em Jequié, sem informação de comorbidades, foi internado dia 15/05 e veio a óbito dia 02/06, em unidade da rede pública, em Jequié;

755º óbito – homem, 69 anos, residente em Sobradinho, portador de doença cardiovascular, foi internado dia 16/05 e veio a óbito dia 28/05, em unidade da rede pública, em Juazeiro;

756º óbito – homem, 80 anos, residente em Salvador, portador de doença cardiovascular e doença respiratória crônica, foi internado dia 28/05 e veio a óbito dia 01/06, em unidade da rede pública, em Salvador;

757º óbito – mulher, 73 anos, residente em Salvador, portadora de hipertensão arterial e doença cardiovascular, foi internada dia 27/05 e veio a óbito dia 29/05, em unidade da rede pública, em Salvador;

758º óbito – mulher, 68 anos, residente em Salvador, portadora de hipertensão arterial, diabetes e obesidade, foi internada dia 26/05 e veio a óbito dia 02/06, em unidade da rede pública, em Salvador;

759º óbito – mulher, 83 anos, residente em Salvador, portadora de hipertensão arterial , diabetes e doença cardiovascular, foi internada dia 20/05 e veio a óbito dia 02/06, em unidade da rede privada, em Salvador;

760º óbito – mulher, 94 anos, residente em Salvador, portadora de hipertensão arterial, foi internada dia 30/05 e veio a óbito dia 01/06, em unidade da rede pública, em Salvador;

761º óbito – homem, 44 anos, residente em Salvador, sem comorbidades, data de internamento não informada, veio a óbito dia 08/05, em unidade da rede privada, em Candeias;

762º óbito – homem, 56 anos, residente em Salvador, portador de neoplasias, data de internamento não informada, veio a óbito dia 02/06, em unidade da rede pública, em Salvador.

Faixa etária

Quanto ao sexo dos casos confirmados, 52,97% foram do sexo feminino, 44,91% do sexo masculino e 2,12% sem informação. A faixa etária mais acometida foi a de 30 a 39 anos, representando 19,45% do total. O coeficiente de incidência por 1.000.000 de habitantes foi maior na faixa etária de 80 anos ou mais (2.272,43/1.000.000 habitantes), indicando que o risco de adoecer foi maior nesta faixa etária, seguida da faixa de 30 a 39 anos (1.903,13/1.000.000 habitantes).

Sala de Notícia - Todos os Direitos Reservados