Buscar

Suspeita de coronavírus passa de 252 para 433 casos no Brasil, em um dia

O Brasil tem, atualmente, 433 casos suspeitos de coronavírus. Os casos confirmados continuam sendo dois, ambos em São Paulo. Todas as regiões do país têm suspeitos, sendo São Paulo o estado com o maior número: 163. Até o momento, são 162 casos descartados, sendo que a maioria tinha Influenza A e Influenza B.

Ontem eram 252 casos suspeitos. O aumento do número tem relação com a mudança de metodologia do Ministério da Saúde. Desde o final de fevereiro, o ministério decidiu não fazer reanálise dos casos notificados como suspeitos pelas secretarias estaduais de saúde. A avaliação local é considerada como final pelo governo federal.

Fase de contenção

Os estados continuam sendo capacitados pelo ministério para fazer as notificações corretamente, mas, segundo o secretário de Vigilância em Saúde do ministério, Wanderson de Oliveira, metade das notificações dos estados não se encaixa na definição de casos de Covid-19. Atualmente, o Brasil se encontra na fase de contenção da doença.

“Estamos no nível 3, na fase de contenção, onde o nosso objetivo é evitar a dispersão do vírus. Obviamente, entendendo que há uma transição que se inicia para uma fase de mitigação, onde vamos trabalhar para evitar casos graves e óbitos”, disse Wanderson de Oliveira.

O ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, considerou precipitada a decisão de escolas suspenderem as aulas se não houver nenhum caso suspeito dentro da instituição. “As escolas não se embasam em nenhum critério técnico. Imagino que elas tenham reunião de pais e o princípio da autoridade parental prevalece. Mas, do ponto de vista de saúde pública, se uma pessoa não tem febre, não tem coriza, não tem nenhum sinal, ela não tem porque ser retida”.

Sala de Notícia - Todos os Direitos Reservados