Buscar
  • Glauco Wanderley

Rui Costa inspira Jair Bolsonaro na relação com universidades


Rui Costa não quer ser comparado a Jair Bolsonaro. A comparação de fato é dolorosa. Porém para evitá-la, o governador precisa se diferenciar do presidente. Mas estão, no terreno das universidades, se assemelhando tanto, que pode-se dizer que Jair copia Rui. Ou que Rui inspira Jair.

O presidente autoritário quer cortar verba das universidades, usando o eufemismo do contingenciamento? O governador já faz isso há anos na Bahia (mas libera dinheiro extra para fechar a conta anual dos perdulários Tribunal de Justiça e Assembleia Legislativa).

O presidente lança um decreto sujeitando ao governo a escolha do reitor e dos dirigentes dos setores das universidades federais? Imita o governador, que deixou vencer o mandato de Evandro do Nascimento na Uefs, sem renomeá-lo como deseja a comunidade acadêmica, que reelegeu o reitor com enorme vantagem na eleição do mês passado.

Dizem que o petista se zangou porque Evandro o teria comparado a Bolsonaro. Com a recusa na nomeação, repudiada pelos professores em greve que ocuparam a reitoria, Rui vestiu a carapuça.


DISPLAY-ESTATICO_728x90px_01.png

Sala de Notícia - Todos os Direitos Reservados