Buscar

Ronaldo agora conta com apoio bolsonarista explícito

Magno Malta, senador pelo Espírito Santo que esteve cotado para vice de Jair Bolsonaro e que é um dos mais próximos aliados do capitão, gravou vídeo para dizer que o apoio dele e de seu líder vai para José Ronaldo. João Henrique foi abandonado.

LEIA TAMBÉM: "Cagando e andando pra campanha de José Ronaldo", diz cabo eleitoral sobre secretários, diretores e chefes da prefeitura

"Qualquer lugar neste país que tenha um homem numa eleição majoritária disposto a enfrentar aqueles que destruíram, assaltaram o país, qualquer um que esteja disposto a enfrentar o PT, esses pústulas que roubaram a nação, esse cidadão é o candidato de Bolsonaro e de Magno Malta. Por isso na Bahia o nosso candidato a governador é Zé Ronaldo", afirmou em depoimento gravado com celular.

É um trunfo para o candidato do DEM nesta reta final da corrida pelo Palácio de Ondina. Ronaldo tinha a simpatia dos bolsonaristas, já demonstrada na convenção liderada pela candidata Dayane Pimentel, quando foi anunciado apoio à sua pretensão de governar a Bahia. Só que Bolsonaro ainda não tinha vice e logo depois, com a entrada do general Mourão, do PRTB, houve uma resolução nacional de que PRTB e PSL teriam que se apoiar mutuamente.

O PSL não tinha candidato ao governo da Bahia, mas o PRTB estava na disputa, com o ex-prefeito de Salvador, João Henrique. Contra seus dois mandatos à frente da prefeitura de Salvador, sobraram denúncias de corrupção, de modo que a obrigação de apoiá-lo gerou conflito entre os bolsonaristas baianos, que agora respiram aliviados.

Sala de Notícia - Todos os Direitos Reservados