Buscar

227 municípios têm Ideb maior que Feira nas séries iniciais

LEIA TAMBÉM: Nas séries finais do Ideb Feira só aumentou 8 décimos em 12 anos

Ideb: rede estadual de educação da Bahia é a pior do Brasil

Teofilândia, Ubaíra, Pindobaçu, Aracatu, Xique-Xique, Sítio do Mato, Lajedo do Tabocal, Irará, Catu, Heliópolis... A lista é muito extensa. Tem municípios conhecidos e outros que a maioria das pessoas nem faz ideia de pra que lado ficam.

São 227 municípios baianos, que têm em comum o fato de terem, em suas escolas municipais, melhor desempenho que Feira de Santana no Ideb, o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica, nas Séries Iniciais. Veja a classificação neste link.

O mau resultado da rede municipal de educação repetiu-se em 2017, quando pela quarta vez seguida, Feira não conseguiu atingir a meta.

Feira de Santana teve sucesso apenas nos dois primeiros Idebs (confira no gráfico acima). Obteve 3,3 em 2007, para uma meta de 2,9. E cresceu só um décimo em 2009, o bastante para manter-se dois décimos acima da meta, que era então de 3,2.

Daí para a frente só fracasso. Subiu mais 1 décimo, insuficiente para a meta de 2011. Conseguiu piorar um décimo em 2013, distanciando-se da meta. Começou uma recuperação em 2015, com crescimento expressivo de 6 décimos, aproximando-se da meta. E agora foi a 4,4, para uma meta de 4,5.

Ou seja, pela quarta vez seguida não consegue o mínimo proposto. Estas metas foram estabelecidas pelo Ministério da Educação a partir do que cada escola, cidade, estado e o país alcançaram na primeira medição, feita em 2005.

A progressão proposta é suave, com crescimento de poucos décimos a cada dois anos. O objetivo é que em nove medições, no espaço de 18 anos, seja alcançado o mínimo aceitável de aprendizado de acordo com padrões internacionais.

Mas não está acontecendo em Feira de Santana, nem mesmo nas Séries Iniciais (4ª série, 5º ano). O resultado é pior nas Séries Finais (8ª série, 9º ano), cujas notas você encontra neste link. Faltam somente duas medições para o final da "maratona", programada para 2021.

COMEMORAÇÃO

O resultado é ruim mas a secretaria municipal de Educação viu motivos para comemoração, lançando o texto "Rede Municipal avança de 4,0 para 4,4 no Ideb do Ensino Fundamental I e fica a um décimo apenas da meta", onde foram pinçados números para embalar um otimismo que a realidade desautoriza.

Sala de Notícia - Todos os Direitos Reservados