Buscar

Crise na chapa da oposição reflete perda de liderança de ACM Neto


A partir do momento em que deixou a decisão para a última hora e acabou optando pela desistência na disputa pelo governo do estado, o prefeito de Salvador, ACM Neto, abriu uma enorme oportunidade para que sua liderança fosse colocada em xeque. Perdeu confiabilidade por parte do grupo.

O pé na porta do PSC, exigindo lugar para Lázaro como candidato ao Senado, o que levou a chapa a um impasse que durou até a última semana; e a "independência oculta" do mesmo PSC, que se coligou a nanicos na calada da última noite de prazo de registro de candidaturas para fugir do acordo do chapão refletem a perda de força de quem era a liderança maior da oposição e corre o risco de ver esta posição ameaçada.

Sala de Notícia - Todos os Direitos Reservados