Buscar

Imbassahy afirma que mais na frente oposição vai se unir contra o PT

Do mesmo partido que o pré-candidato ao governo da Bahia João Gualberto (PSDB), o deputado federal Antônio Imbassahy garante que haverá união das oposições no estado. Em passagem por Feira de Santana nesta sexta-feira (13), para visita ao prefeito Colbert Martins (MDB), ele afirmou ao Acorda Cidade que não pode ter ruptura, porque o quadro já ficou agravado com a desistência de ACM Neto (DEM).

Imbassahy veio encontrar o recém empossado Colbert Filho

“O PSDB se reuniu e lançou a pré-candidatura do deputado federal João Gualberto e essa candidatura está posta, como também o democratas no sábado passado. Temos aí dois nomes e o que importa, nesse momento, é a unidade das oposições, nós não podemos ter dissidência”, ponderou.

No momento que ACM Neto não se colocou como candidato, ressalta Imbassahy, houve um impacto muito grande e criou uma expectativa de que todos teriam que encontrar uma saída. A do PSDB, afirma o deputado, foi colocar a candidatura de João Gualberto, enquanto a do DEM foi lançar a de José Ronaldo. “Então, vamos ver que é importante a unidade e a gente vai ter essa unidade, eu posso garantir”, enfatizou.

Quem vai desistir?

Se já sabe qual dos pré-candidatos vai desistir da disputa, Imbassahy preferiu não falar. Disse apenas que as oposições terão que analisar qual o melhor e, a partir disso, haverá uma compreensão em torno da unidade. “Nós temos a candidatura que eu reitero, do João Gualberto. Está colocada, mas vamos deixar evoluir um pouco mais e buscar a unidade dos bons políticos em torno do programa que possa enfrentar e derrotar o PT na Bahia”.

Com informações do repórter Paulo José

Sala de Notícia - Todos os Direitos Reservados