Buscar

Padre Vianey é atacado com facão e levado ferido para o Hospital Unimed


Padre foi levado ferido numa ambulância do SAMU (foto Aldo Matos)

O padre José Vianey, polêmico membro do clero que se envolve em disputas com a arquidiocese desde o tempo do arcebispo Dom Itamar, sofreu uma tentativa de homicídio na tarde desta sexta-feira, no distrito de Maria Quitéria, onde reside.

Ele foi atacado na frente de casa, com um facão, por um homem identificado como Raimundo Marcos Vieira Bento, 33 anos, que também mora no distrito.

As motivações do ato não foram esclarecidas. O criminoso foi preso ainda com a arma nas mãos e levado pela PM para o complexo de delegacias do Sobradinho. A cabo Guadalupe, que comandava a equipe de policiais, disse que eles evitaram o linchamento de Raimundo. O homem disse não se lembrar de ter praticado o ataque e há suspeita de que sofre de doença mental.

Ferido com gravidade, Vianey foi conduzido para o hospital Unimed, numa ambulância do SAMU.

POLÊMICAS

Há dois anos, a situação de Vianey foi matéria de capa do jornal Tribuna Feirense. Ele tinha acabado de perder a direção da capela do hospital Dom Pedro de Alcântara, cujas fechaduras foram trocadas para que ele não pudesse celebrar as missas.

O padre então passou a ficar sentado do lado de fora nas escadas, como mostrado na capa da edição.

A descrição feita por outros religiosos no texto - incluindo o arcebispo Dom Zanoni - indica uma pessoa que parecia estar fora do juízo perfeito. "Xinga, ofende, fala mal da igreja, fere a doutrina", afirmava monsenhor Luiz Rodrigues, pároco da Senhor dos Passos. O padre negava as acusações.

Leia a reportagem feita pela jornalista Lana Mattos, clicando neste link.

Sala de Notícia - Todos os Direitos Reservados