Buscar

Túnel da avenida Maria Quitéria leva agora nome de Divaldo Franco

O médium feirense Divaldo Pereira Franco foi homenageado com a colocação de seu nome no túnel do cruzamento entre as avenidas Getúlio Vargas e Maria Quitéria, aberto ao tráfego em 2016.

Nesta quarta-feira, 21, no início da noite, ocorreu ato simbólico de descerramento da placa com a homenagem ao líder espírita.

Diante de autoridades municipais e de uma pequena plateia (a cidade enfrentava no horário a falta de energia que a

tingiu a toda a região Nordeste), Divaldo fez um breve pronunciamento.

Relatou um pouco de sua origem. Nascido em Feira de Santana, na praca Fróes da Mota, ele foi estudante, na infância, da Escola João Florêncio e também frequentou a Escola Normal Rural. Fez questão de agradecer a personalidades locais com quem conviveu, a exemplo do intelectual Gastão Guimarães e um religioso que ele identificou como padre Mario.

Agradeceu bastante a administração municipal pela distinção. "Me honra muito ter o meu nome fixado neste equipamento, no coração da cidade e tão importante para a população". Conclamou a todos que procurem "seguir o caminho que nos deixou Jesus Cristo", como solução para a violência em que o mundo se encontra.

Sala de Notícia - Todos os Direitos Reservados