Buscar
  • Glauco Wanderley

Policiais terão capacitação para atender mulheres vítimas de violência


Um Termo de Cooperação Técnica, com recorte de gênero, foi assinado pela Secretaria de Políticas para as Mulheres da Bahia (SPM-BA) e a Secretaria da Segurança Pública (SSP) para capacitação de profissionais que atendem às delegacias comuns e especializadas. A promotora de Justiça Márcia Teixeira participou da solenidade de assinatura do termo, realizada nesta quarta-feira (22) na sede da SSP, no CAB. A finalidade é promover a sensibilização e capacitação, a partir de uma perspectiva de gênero, de profissionais que atuam nas referidas delegacias, visando contribuir para um melhor acolhimento às mulheres em situação de violência.

“O termo é resultado de sinalizações feitas pela Rede de Proteção à Mulher sobre a importância da capacitação de policiais na temática de gênero, questões que envolvem o crime de feminicídio, violência doméstica e familiar”, salientou Márcia Teixeira, coordenadora do Centro de Apoio Operacional dos Direitos Humanos (CAODH). De acordo com ela, o Ministério Público foi convidado para testemunhar a assinatura do termo e acompanhar o desenvolvimento dos trabalhos.

“Já temos um convênio de cooperação técnica com a SPM para trabalharmos na capacitação dos Conselhos. Além disso, o MP participou do projeto de implantação da Ronda Maria da Penha, promovendo capacitação por meio do Grupo de Atuação Especial em Defesa da Mulher do MP (Gedem). Esta é mais uma parceria que daremos sequência. Disponibilizaremos nosso espaço estrutural para a realização de eventos e capacitações decorrentes do Termo, além de materiais educativos, a exemplo da cartilha ‘Papo de Homem’, adotada por mais cinco estados brasileiros”.

A proposta foi apresentada ao secretário Maurício Barbosa pela secretária da SPM, Julieta Palmeira.

#SPM #violência #SSP

DISPLAY-ESTATICO_728x90px_01.png

Sala de Notícia - Todos os Direitos Reservados