Buscar

Minorias se reúnem em Salvador, com órgãos do governo


Foi aberta, na manhã desta quarta-feira (21), em Salvador, a 22ª reunião ordinária da Comissão Estadual para a Sustentabilidade dos Povos e Comunidades Tradicionais, ligada à Secretaria de Promoção da Igualdade Racial (Sepromi). Este é o primeiro encontro do ano e reúne representações indígenas, quilombolas, de fundos e fechos de pasto, geraizeiros, ciganos, povos de terreiro, pescadoras, marisqueiras, além de organismos governamentais. Serão discutidos temas relacionados aos esforços pela garantia de direitos dos segmentos e demandas dos diversos territórios de identidade da Bahia.

A presidente da CESPCT e titular da Sepromi, Fabya Reis, destacou que o colegiado é uma instância fundamental para o aprimoramento das políticas destinadas ao desenvolvimento sustentável dos segmentos. “Trata-se do cumprimento do calendário estratégico elaborado em 2017. A CESPCT cuida de pautas densas e fundamentais, construídas com a série de representações dos nossos povos originários” afirmou a secretária, ao lado do titular da Secretaria do Meio Ambiente (Sema), Geraldo Reis, e da representante do Grupo de Mediação de Acompanhamento de Conflitos Agrários e Urbanos (Gemacau), delegada Geovana Bonfim.

Também compondo a mesa de abertura, a liderança quilombola José Ramos ressaltou a importância da continuidade dos debates no âmbito da CESPCT pelo seu papel articulador das relações entre a sociedade civil e os poderes públicos. “É uma oportunidade de colocar na mesa as demandas de políticas para os povos e comunidades tradicionais. Esperamos que seja uma reunião produtiva e de avanços nas discussões”, pontuou.

Representações estaduais

Participam, ao longo dos dois dias do evento, as representações das secretarias de Relações Institucionais (Serin); do Meio Ambiente (Sema); do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre); Desenvolvimento Urbano (Sedur); Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti); Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social (SJDHDS), Bahia Pesca/Seagri; Infraestrutura Hídrica e Saneamento (Sihs), Políticas para as Mulheres (SPM); Cultura (Secult); Saúde (Sesab); Desenvolvimento Rural (SDR) e Infraestrutura (Seinfra).

Sala de Notícia - Todos os Direitos Reservados