Buscar

Suspeito de ameaçar Tia Má nas redes sociais se apresenta a polícia


O suspeito de ameaçar a jornalista Maíra Azevedo, conhecida como Tia Má, se apresentou nesta quarta-feira, 14, na 1ª Delegacia Territorial (DT) dos Barris, em Salvador. José Raimundo Pita Barreto Júnior, de 23 anos, confirmou que fez as ameaças, porém alegou sofrer de depressão e ansiedade generalizada. Ele foi ouvido e liberado.

A Polícia Civil vai solicitar um exame de sanidade mental. De acordo com a assessoria do órgão, existe a suspeita que José sofra de outros transtornos psicológicos. A delegada da 1ª DT, Maria Daill, deve concluir o inquérito e remeter à Justiça. Ele pode responder pelo crime de injúria racial.

O caso

A jornalista e digital influencer Maíra Azevedo, a "Tia Má", foi vítima de racismo nas redes sociais. Ela foi chamada de "monkey" (macaca, em português) por um internauta durante uma transmissão ao vivo no Instagram.

Maíra denunciou o caso ao Ministério Público do Estado da Bahia (MP-BA), por meio da promotoria de Justiça de Combate ao Racismo, que irá apurar o caso.

Sala de Notícia - Todos os Direitos Reservados