Buscar

Metade da Rua do México passa a ser mão única


Os quase 1,5 mil metros de extensão da rua do México, entre o Tomba, Parque Tamandari, Recando do Feira X e Feira X, foram sinalizados pela SMT (Superintendência Municipal de Trânsito), tanto horizontal como verticalmente para que motoristas fiquem atentos: praticamente metade da artéria (cerca de 500 metros) é mão única e a outra parte, mão dupla para os veículos.

Entre a praça do Tomba, onde é iniciada, e rua Virgem é mão única, sentido Feira X. “É uma parte estreita que, por prudência, optamos por deixa-lo em sentido único, sem prejuízo a quem trafega pelo local”, disse o superintendente Maurício Carvalho.

Quem trafega sentido Tomba deve entrar pela rua Virgem e seguir pela rua do Ouvidor e chegar à praça do bairro. A sinalização da rua indica onde os veículos podem ou não podem estacionar. “Foram colocadas 87 placas, inclusive nas transversais”, diz o superintendente.

Mais de 370 tachinhas foram fichadas ao longo da rua do México e tem como objetivo delimitar as faixas. Na artéria foram colocados 13 quebra-molas, com o objetivo de controlar a velocidade – todos dentro de padrões técnicos e devidamente sinalizados.

Sala de Notícia - Todos os Direitos Reservados