Buscar

Levi Vasconcelos: Jaques Wagner presidente? Ele foge disso como o diabo da cruz

Dizem nas rodinhas políticas (como piada) que dois baianos em particular torcem ardentemente para ver Jaques Wagner candidato a presidente pelo PT, a senadora Lídice da Mata (PSB) e o prefeito de Feira de Santana, Zé Ronaldo (DEM).

la porque veria sobrar a sonhada vaga na chapa de Rui Costa. E ele porque, sem Wagner na concorrência, o seu nível de competitividade subiria. E aí, Wagner:

– Eu sei que tem muita gente querendo que eu me candidate a presidente, por bons e maus motivos.

De fora — Jornalistas paulistas dizem que o PT é mesmo cruel. Quando estava no auge do poder com Lula e também Dilma, quem dava as cartas era o pessoal de São Paulo. Agora em decadência, tenta pinçar Wagner sob o argumento de que a experiência petista na Bahia foi a mais bem-sucedida do país. Ele refuta parte da tese. E reafirma sua disposição de disputar o Senado.

– A experiência do PT no Acre é muito boa. No Piauí também. Mas são estados pequenos. Apontam a Bahia porque é grande, dá bem mais visibilidade. Mas caso Lula não seja candidato, por que o nome tem que ser do PT? Por que não de partidos que sempre foram nossos aliados, como o PCdoB e o PDT de Ciro Gomes?

Em suma, Wagner parece ter batido o martelo. É candidato ao Senado e ponto.

Levi Vasconcelos - A Tarde

Sala de Notícia - Todos os Direitos Reservados