Buscar

Conder retoma em janeiro obra na Lagoa Grande

A obra de esgotamento sanitário que vai beneficiar cerca de 3.500 casas no entorno da Lagoa Grande será reiniciada em janeiro de 2018, segundo Nota Técnica da Companhia de Desenvolvimento Urbano do Estado da Bahia (Conder.

As explicações da Conder foram enviadas em resposta ao deputado estadual Angelo Almeida, que em novembro se reuniu com a secretária da pasta, Jusmari Oliveira, para discutir a situação das imediações, onde ocorrem alagamentos e acúmulo de água nas ruas.

De acordo com a nota assinada pelo diretor do órgão, José Lúcio Lima Machado, a obra foi paralisada para revisão do projeto. A obra de drenagem iniciada em setembro deste ano com previsão de conclusão para maio de 2018 está em andamento com 15% dos serviços executados.

“A Conder através de recursos do governo do estado licitou uma obra complementar que contempla a drenagem de ruas adjacentes no entorno da Lagoa, que não foram inseridas no projeto da obra em execução, tais como, rua Miracatu, rua Visconde de Mauá, rua São José, rua Varginha, rua Tucano, rua Avelino Lopes e área da Rádio Cultura”, informa. Segundo a Conder os problemas como constantes alagamentos são consequência do aterramento desordenado praticado pelos moradores ao longo dos anos.

O deputado Angelo Almeida afirmou que vai continuar acompanhando a situação. “Recebemos queixas de moradores das ruas atingidas pelo problema e desde então estamos buscando junto aos órgãos responsáveis soluções. É importante informar que as obras não estão paradas por completo, mas estamos pedindo o máximo de celeridade. A expectativa do governo do estado é que tanto o problema de esgotamento, quanto de captação de água da chuva sejam resolvidos por completo”, ressaltou o parlamentar.

O entorno da lagoa é densamente povoado

0 comentário
BNI-02-728x90px_BAHIA-MEU-ORGULHO (1).pn

Sala de Notícia - Todos os Direitos Reservados