Buscar

Feira de Santana perdeu quatro posições no PIB nacional

PIB DE FEIRA EM BILHÕES DE REAIS

Feira de Santana caiu da posição 68ª para a 72ª entre as 100 cidades com os maiores PIBs do Brasil, em 2015. Os dados foram divulgados ontem pelo IBGE, que apresenta anualmente este balanço da produção nacional. Em população, Feira de Santana é a 34ª cidade do país, segundo estimativa divulgada pelo mesmo órgão federal, em 1 de julho deste ano.

Há pelo menos um dado positivo na informação. É que a cidade conseguiu aumentar o PIB em relação ao ano anterior, apesar da forte recessão, que teve o auge justamente no ano de 2015. Feira perdeu posições porque outras cidades tiveram desempenho melhor.

Desde 2010 o PIB feirense vinha crescendo em média próximo de R$ 1 bilhão a cada ano, enquanto em 2015 o acréscimo foi de pouco mais de R$ 200 milhões em relação a 2014 (confira no gráfico).

Quatro cidades baianas ficam entre as 100 maiores. Salvador, subiu do décimo para o nono lugar, em função da vertiginosa queda do município fluminense Campos dos Goytacazes, que era o nono em 2014 e caiu para a 20ª posição.

Camaçari aparece em 41º lugar, Feira de Santana em 72º e São Francisco do Conde, que escalou o ranking, subindo de 286º para 98º, "devido ao bom momento do refino de petróleo", de acordo com a justificativa que consta no documento do IBGE.

VEJA ABAIXO A LISTA DOS 100 MAIORES PIBS MUNICIPAIS DO PAÍS

Sala de Notícia - Todos os Direitos Reservados