Buscar

Secretaria debate Reforma do Ensino Médio em Feira de Santana

A cidade de Feira de Santana sedia nesta segunda-feira (4) o Seminário Territorial ‘Ensino Médio em Debate’, promovido pela Secretaria da Educação do Estado. A atividade, realizada no Colégio Modelo Luís Eduardo Magalhães, reúne educadores, gestores, estudantes, lideranças comunitárias e representantes de instituições da área de Educação, dos 18 municípios ligados ao NTE 19, do Território de Identidade Portal do Sertão. Os participantes avaliam as novas arquiteturas curriculares para o Ensino Médio e o desafio de sua implementação, considerando as especificidades dos Territórios de Identidade da Bahia. Segundo a diretora de Ensino Médio da secretaria, Tereza Farias, o debate possibilita o fortalecimento da Política Educacional do Ensino Médio, por meio do processo de escuta dos diferentes atores envolvidos. “A ideia de territorializar as discussões sobre o novo Ensino Médio é oportunizar a comunidade educacional de cada NTE, desde os estudantes, passando pelos professores, gestores, até os integrantes dos conselhos municipais e estaduais de Educação. Precisamos entender as singularidades e especificidades do território, a fim de começar a levantar as possibilidades do que eles irão escolher para adotar na parte flexível do currículo”.

O diretor do NTE 19, Ivamberg dos Santos Lima, diz que o debate promove uma construção coletiva do currículo. “Esta é uma ação muito positiva, uma vez que temos que abrir o debate para toda a sociedade. A arquitetura do Ensino Médio que temos hoje já não contempla o que o aluno quer e abrindo este debate, a Secretaria da Educação do Estado proporciona o conhecimento da proposta e vai junto com todos os atores, escolher o melhor caminho a ser seguido”. A coordenadora do Conselho Municipal de Educação de Feira de Santana, Andréa Carvalho, enfatiza que o seminário tem um efeito multiplicador. “Esse encontro serve como ponta pé inicial de extrema importância para a comunidade escolar, porque questiona sobre o Ensino Médio que temos e o Ensino Médio que queremos, onde está o currículo, em uma reflexão que envolve alunos, pais e egressos da escola pública. Estaremos levando essa discussão para outros setores, para que a escola possa compreender e se situar dentro desta reforma”. Os seminários prosseguem até o dia 19 deste mes pelo interior da Bahia.

Sala de Notícia - Todos os Direitos Reservados