Buscar

Assassinado na porta de casa PM acusado da morte do empresário Gil Porto em 2014

Foi assassinado com tiros de fuzil na manhã desta quarta-feira (15) na porta de casa no bairro Brasília, em Feira de Santana, o sargento PM Ailton Nascimento da Silva, de 49 anos.

Ailton foi apontado em inquérito da Polícia Civil como mandante da morte do empresário Gil Marques Porto Neto, do ramo imobiliário. Gil foi assassinado na rua, dentro do próprio carro em maio de 2014, aos 32 anos. De acordo com a investigação, o crime estava relacionado com a disputa por terreno no SIM, que estaria sendo grilado por um grupo formado pelo policial militar e outras pessoas.

Preso em agosto de 2014 junto com outros acusados da morte de Gil, o sargento, conhecido pelo apelido de Careca, foi solto há pouco mais de um ano. Sua prisão foi considerada ilegal no STF, pois se prolongou indefinidamente sem que o julgamento ocorresse.

Ao sair de casa hoje, na rua Quirinópolis, Ailton foi surpreendido por ocupantes de um carro branco que dispararam contra ele vários tiros de fuzil e fugiram. Ailton foi levado ao Hospital Clériston Andrade mas já chegou sem vida. Ele pertencia à 67ª companhia. Era casado e tinha dois filhos.

0 comentário
BNR-728X90px-OBRAS-DE-INFRAESTRUTURA-EMB