Buscar

Fundadora do Galpão de Arte terá que devolver dinheiro ao Ministério da Cultura

A ex-miss Ana Lúcia Bahia Costa Paixão terá que devolver aos cofres públicos R$ 254 mil referentes a um convênio firmado entre o Ministério da Cultura (MinC) e o Galpão de Arte, ONG de Feira de Santana fundada e presidida por ela. Ontem, a Secretaria de Controle Externo do Ministério da Fazenda no estado determinou que Ana Lúcia e o Galpão restituam o montante ao Tesouro Nacional em até 15 dias e paguem, no mesmo prazo, multa de R$ 15 mil. Ano passado, ambos foram condenados pelo Tribunal de Contas da União (TCU) por irregularidades com recursos repassados de 2006 a 2009 pelo MinC para financiar um projeto de criação e produção artística voltado a jovens de baixa renda de Feira e cidades vizinhas. Em especial, no segmento de dança, área de atuação de Ana Lúcia.

Vencedora do Miss Bahia de 1980, Ana Lúcia seguiu carreira como bailarina, coreógrafa e professora de dança em Feira, onde fundou o Galpão de Arte no início 2002. Segundo o TCU, a ONG paralisou as atividades em 2012, mas o CNPJ da entidade continua ativo na Receita.

Fonte: Coluna Satélite, jornal Correio

0 comentário
BNI-02-728x90px_BAHIA-MEU-ORGULHO (1).pn

Sala de Notícia - Todos os Direitos Reservados