Buscar
  • Glauco Wanderley

Justiça manda Twitter apagar publicação de Alexandre Frota que cita Chico, Caetano e Gil


Nesta quarta (11), o Poder Judiciário do Rio de Janeiro determinou que a rede social Twitter apague, sob multa diária de R$ 10 mil, uma publicação feita por Alexandre Frota citando Chico Buarque, Caetano Veloso e Gilberto Gil.

No tuíte do último dia 9, e que não está mais disponível, Frota divulgou uma montagem com fotos dos músicos e um texto contendo xingamentos como "filhos da puta" e "merdas".

No entender do juiz Bruno Arthur Mazza Vaccari Machado Manfrenatti, da 50ª Vara Cível do Rio, "é possível extrair, em exame superficial, que foram dirigidas ofensas difamatória e injuriosas à pessoa do autor, o que traduz, a princípio, abuso do direito à livre expressão/manifestação conferido pela Constituição Federal."

O magistrado ainda considera que o fato de a publicação estar numa plataforma de acesso mundial acarreta risco de dano aos direitos da personalidade do cantor.

A decisão do juiz parte de uma ação, a qual a Folha teve acesso, movida por Gil na quarta (10). Caetano também entrou com uma ação semelhante que tramita na 11ª Vara Cível da Comarca do Rio de Janeiro, mas até o momento não foi analisada.

No microblog, Frota comentou a decisão ao publicar uma foto da coluna de Ancelmo Gois, do jornal "O Globo": "Kkkk engraçado que eles pedem o Twitter porque p mim sem chance De qualquer forma o Tuite é antigo já saiu da fila .A perseguição implacável [sic]."

Fonte: Folha de São Paulo

#AlexandreFrota #ChicoBuarque #CaetanoVeloso #GilbertoGil #Twitter #Justiça #xingamentos

728×90_MAIS_SAÚDE_BAHIA_0520_ACOES_FEI

Sala de Notícia - Todos os Direitos Reservados