Buscar
  • Glauco Wanderley

Menos da metade dos eleitores de Feira de Santana fizeram cadastro biométrico


A um ano da eleição, menos da metade dos eleitores de Feira de Santana têm cadastro biométrico. Segundo dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), a cidade possui 405.613 eleitores, mas apenas 179.658 registraram suas impressões digitais para poder votar com biometria. Esse número representa 44,29% de cadastro do eleitorado, e demonstra que mesmo a biometria sendo obrigatória existe uma grande dificuldade em realizar o agendamento.

Agende aqui.

No dia 20 de julho o Tribunal Regional Eleitoral (TRE-BA) alterou a metodologia do serviço de agendamento para a Central de Atendimento ao Público (CAP) e cartórios eleitorais, localizados na sede Regional, no CAB, disponibilizando semanalmente vagas para agendamento com hora marcada. O serviço abre todas as segundas-feiras através do site do TRE-BA, mas rapidamente as vagas se esgotam.

Nas eleições do ano que vem, a biometria deverá ser obrigatória em cerca de 2.800 cidades de todos os estados – o número exato será conhecido em maio, 150 dias antes do pleito. O 1º turno da disputa ocorre no dia 7 de outubro.

O que é o cadastramento?

A biometria usa as impressões digitais para identificar o cidadão. O objetivo é ter mais segurança e evitar fraudes. No Brasil, a emissão de passaporte, de carteiras de identidade e o cadastro das Polícias Civil e Federal contam com sistemas biométricos.

Para o reconhecimento individual, são coletados dados biométricos por meio de sensores que os colocam em formato digital. No caso do cadastramento feito pela Justiça Eleitoral, os dados são coletados por um scanner de alta definição. São coletados dados de todos os dez dedos da mão, mas apenas um é utilizado para identificar o eleitor no momento da votação.

A coleta das digitais dura poucos segundos. Além disso, é tirada uma fotografia e cadastrada a assinatura digitalizada. Para fazer o cadastro, basta levar documento oficial de identificação e comprovante de residência atualizado. Para o primeiro alistamento, homens devem comprovar também a regularidade com o serviço militar.

Quem não se cadastrar Todos os eleitores, inclusive aqueles que têm voto facultativo (analfabetos, maiores de 16 e menores de 18 anos e os maiores de 70 anos de idade), devem fazer o recadastramento biométrico para manterem seu título regularizado. Aqueles que perderem o prazo em seu município estarão impedidos de votar até que regularizem a situação na Justiça Eleitoral.

#TRE #Biometriaeleitoral #FeiradeSantana #TSE #Bahia #Cadastrobiométrico

728×90_MAIS_SAÚDE_BAHIA_0520_ACOES_FEI

Sala de Notícia - Todos os Direitos Reservados