Buscar
  • Glauco Wanderley

Empresário preso pela Polícia Federal é o mesmo baleado em academia ano passado


Ricardo Peixoto Silva, preso nesta segunda-feira (09) pela Polícia Federal por envolvimento em diversas acusações, é a mesma pessoa alvejada com vários tiros em janeiro do ano passado, quando saía de uma academia na avenida Nóide Cerqueira. A polícia não divulgou na época as conclusões do inquérito.

Reprodução de Facebook

Na operação de hoje (Hedonikos), a Polícia Federal apreendeu mais de cinco toneladas de suplementos, três veículos, uma lancha e três imóveis.

A PF agiu em parceria com a Vigilância Sanitária. O empresário foi detido tanto pela fabricação clandestina de suplementos alimentares, vendidos na Bahia e em todo o Nordeste, como por fraudes contra a Caixa Econômica Federal, que somam R$ 6,5 milhões, relacionados a empréstimos obtidos por meio de nome falso ou de laranjas e não quitados.

#suplementos #RicardoPeixoto #PolíciaFederal

DISPLAY-ESTATICO_728x90px_01.png

Sala de Notícia - Todos os Direitos Reservados