Buscar

Só 3% acham Temer bom ou ótimo. Para 59%, ele é pior que Dilma

Saiu a mais recente pesquisa do Ibope e o denunciado presidente Michel Temer continua a bater recordes de impopularidade. A pior avaliação de um presidente desde o fim da ditadura, destaca o UOL (deveria ser óbvio, mas é melhor lembrar logo que na ditadura não se podia fazer uma avaliação do tipo. Ou se pudesse o entrevistado não poderia de fato dizer o que pensa).

Com a margem de erro de 2%, o presidente do grupo político mais comprovadamente corrupto da história aproxima-se perigosamente do apoio zero. 3% é o número dos que o consideram bom ou ótimo.

A humilhação suprema é ser tido também como pior que Dilma Rousseff, que arruinou a economia do país. Pois é o que pensam 59% dos entrevistados.

De acordo com a lógica que o próprio Temer empregava há dois anos, deveria ser inviável dar continuidade ao governo. Falando a empresários em setembro de 2015, quando ainda era vice de Dilma, afirmou que "se ela continuar com 7% e 8% de popularidade, fica difícil resistir três anos e meio com esse índice baixo".

Hoje ele tem menos da metade. A diferença é que restam somente 15 meses de mandato a cumprir. Serão os 3% suficientes para ir até o final?

0 comentário