Buscar

Contrariando a tendência nacional, desemprego ainda cresce em Feira

Contrariando a tendência nacional de melhoria no mercado de trabalho, julho teve novamente saldo negativo de empregos em Feira de Santana. Foram 105 vagas perdidas, resultado de 2.453 contratações, contra 2.558 desligamentos. Na Bahia, o saldo foi positivo (847 postos novos criados). Os dados são do Caged, cadastro nacional do Ministério do Trabalho e Emprego.

Em todo o país foram criadas 35.900 vagas, no quarto mês seguido de saldo positivo. Em Feira de Santana, o mês anterior também teve saldo negativo e apenas dois dos sete primeiros meses do ano tiveram melhoria no índice de desemprego (confira no gráfico abaixo). O resultado é que ao longo do ano o saldo negativo acumulado é de 989 vagas perdidas com carteira assinada.

Sala de Notícia - Todos os Direitos Reservados