Buscar

Em dez anos produção da Nestlé em Feira aumentou quase 13 vezes

Instalada em Feira de Santana desde 2007, a Nestlé ampliou a produção de 12 mil toneladas por ano para 153 mil toneladas/ano em 2016. O aumento de 12,75 vezes foi feito na terça-feira (11), durante visita do secretário de Desenvolvimento Econômico, Jaques Wagner.

Instalada no Centro Industrial do Subaé (CIS) e com 1,1 mil funcionários diretos, a multinacional já aproveita boa parte da mão de obra local para os mais altos cargos de chefia.

Jaques Wagner lembrou que durante conversas com diversos empresários, sempre ouviu elogios sobre os trabalhadores baianos e ressaltou que a Bahia é um ambiente seguro para negócios e investimentos.

Logo após a visita, Wagner vistoriou as obras de requalificação do CIS e assinou um protocolo de intenções com a Indústria OL Papéis, que vai ampliar a produção e contratar mais funcionários. A empresa, dona da marca de papéis toalha Absoluto vai aumentar a produção, com investimentos de R$ 20 milhões.

“A crise está aí para todo mundo, mas quem corre atrás tem condições de atravessar esse período com menor dificuldade. Estamos conversando com todos os empresários dispostos a investir na Bahia, a produzir e a criar novos empregos”, afirmou o secretário.

A ampliação dará à OL a capacidade de contratar 50 pessoas, elevando os quadros para quase 600 funcionários.

O diretor da OL Papéis, Omar Abbas, explicou que a política de incremento da Bahia motiva o aumento da produção e os investimentos. “A marca era desconhecida até pouco tempo, mas hoje estamos nas principais redes varejistas, produzindo de uma maneira sustentável, usando a matéria prima reciclada da coleta seletiva. Antes, este insumo ia para o aterro e nós enxergamos a oportunidade de negócio, reciclando para vender”.

Além disso, a indústria de papéis assinou o termo de adesão ao Programa Primeiro Emprego, que estimula os jovens a entrar no mercado de trabalho.

O governo do estado afirma que está investindo R$ 4,3 milhões em reforma no CIS, que deve ficar pronta em meados deste ano.

Sala de Notícia - Todos os Direitos Reservados